You are on page 1of 1

Arcanos do Tarot

O EREMITA

Mesmo estando isolado, ele precisa da Luz do Conhecimento que


conquistou, para que veja o caminho sua frente e prossiga. Os tarots em
que ele aparece no cimo de uma montanha (e assim, em tese, "no tem mais
para aonde ir, exceto voltar ao vale para ensinar ") a Luz de sua lanterna
representa um Farol, uma luz em cima da montanha do vale obscuro (o
mundo dos sentidos) para que as pessoas do vale (conscincias presas nas
trevas da matria) possam Saber que "existe uma montanha a ser escalada "
e uma luz no topo desta (a Luz da Mnada, ou Individualidade Divina, o
prprio Eremita). Nove o Nmero da Iniciao, e o Eremita o Mestre
realizado, no mais o Hierofante que atua no templo (Arcano V), mas sim a
Luz Individualizada no Topo do Monte (Grande Cadeia do Ser). E no temos
apenas uma Lanterna em suas Mos (Manas, Mente, Atividade Inteligente
que produz ou projeta a Luz do Conhecimento ou Civilizao e Cultura) , mas
tambm esta um reflexo da Luz Interna do prprio Eremita que o
Iniciado. Nos evangelhos temos a injuno de "mostrar a luz no cimo do
monte". Sobre o isolamento, o Eremita, mesmo que viva Isolado (e todo
Iniciado real ocultamente "isolado": nenhum profano de seu convvio o
compreende), periodicamente se relaciona com aqueles que cruzam o seu
caminho. No , portanto, um misantropo, mas algum que conquistou o
direito de viver no cimo dos montes e de ter a viso ampla e sinttica que
estes propiciam, como os Mestres. No livro "Luz no Caminho" da Mabel
Collins existe uma tima descrio sobre viver isoladamante e ao mesmo
tempo matando o senso de separatividade. Sempre teremos paradoxos no
Caminho da Iniciao, que requer tanto a mente como a intuio como a
essncia mistrica no nascida para que sejam assimilados no viver.