You are on page 1of 4

Arcanjo Raziel

Categoria : Querubim
Anjos dos Mistérios"
Seu nome significa
Segredos de Deus.
Guardião do conhecimento
e da originalidade.
Habita Chokmah,
o reino das idéias puras.
Orienta as Musas
que nos inspiram
com idéias originais
e pensamentos de puro
conhecimento e sabedoria."

Invocação ao Arcanjo Raziel


(Para proteção dos filhos, traz a bondade e a verdade para nossas vidas)

Raziel, amado Arcanjo dos Querubins,


Revelador da verdade e dos pensamentos puros
Me ilumine com seus raios de sabedoria
Faça com que meu coração
Transborde alegria e amor
Príncipe Raziel
Agradeço por a cada momento
Eu conhecer a verdade, o amor divino
E seguir a luz
Dai-me forças e coragem
Ânimo e otimismo
Conceda-me o bom êxito
Porque sei que sou digno da presença dos anjos
Amém

RAZIEL
________________________________________
Autoria: Tiago José "Deicide" Galvão Moreira
Data: 06/01/2009 (editado por Tiago José em 18/02/2009)

Há incontáveis milênios, ergueram-se na Terra grandes civilizações. No leste, a


glória de Meru se elevava acima das montanhas, e as belezas de Svarga se
espalharam por incontáveis planícies. No centro do mundo, a negra Chorazin
se ergueu em altas torres que tocavam os céus. Ao norte, a nação de Thyle foi
construída para brilhar em luz branca e em conhecimento iluminado. No sul, a
abençoada Kumari Kandam enviava poderosas embarcações ao mar. E, no
oeste, os fogos da magia brilhavam fortes em Atlântis. Foi uma época de
maravilhas e descobertas, terrores e transformações, quando a humanidade
ainda buscava um caminho, quando o conflito entre Éden e Inferno ainda não
rugia tão forte.

Porém, o mundo jovem não poderia permanecer inocente para sempre. As


maravilhas do homem foram consumidas pelos fogos da guerra nascente.
Chorazin caiu primeiro, devastada pela fúria dos Céus, e seus povos
demoníacos se espalharam pela criação. A Sombra tomou Meru e a lançou em
guerra contra Svarga, devastando a ambas. Atlântis se afundou em sua própria
cegueira e corrupção. Kumari Kandam foi devastada pela fúria da natureza, e
Thyle, última a cair, se viu dominada pela mão tirânica da Estrela da Manhã,
ruindo quando o Éden trouxe justiça a seus irmãos rebeldes.

Então, vieram as trevas. O mundo mudou, as tribos de homens se espalharam,


levando consigo contos de terras longínquas e deuses antigos. Cadáveres
bebedores de sangue e lobos que viravam homens passaram a depredar a
humanidade, e o velho conhecimento se perdeu. Devastados, Éden e Inferno
retrocederam, e os primeiros Anjos Caídos caminharam sobre a Terra.
Esboços de civilizações se ergueram e caíram, e por milhares de anos o
mundo voltou à pré-história.

Foi nesta época que caminhou pelo mundo o Arcanjo Raziel, um nobre artesão
que viveu na época das antigas maravilhas. Em sua mente, ele se lembrava
dos antigos conhecimentos e das ferramentas esquecidas. Secretamente,
ajudou as tribos humanas a recobrarem os conhecimentos perdidos,
ensinando-as a arar o solo, orar aos deuses e construir lanças para caçar. Ele
ensinou os xamãs a comungarem novamente com a natureza, e relembrou aos
homens como se proteger dos seres das trevas. Em sua missão, Raziel foi
visitado pelos Guardiões e, pela primeira vez na história, um Celestial comum
se ergueu ao posto de Primus.

Raziel então retornou ao Éden, como o novo sétimo Primus, substituto de


Lucibel. Ali, revelou sua visão, de que o homem se ergueria novamente, que
cabia aos Celestiais ajuda-lo neste caminho. O Éden ensinaria novamente à
humanidade os segredos do fogo e da forja, da escrita e da linguagem.
Àqueles que o seguiram, Raziel chamou de “os Anjos da Forja”, pois caberia a
eles ajudar o homem a forjar seu futuro.

RAZIEL - príncipe dos Querubins


(do hebraico - segredo de Deus)
Anjos Cabalísticos
Sobre os Anjos
Anjos da categoria QUERUBIM
Haziel
Aladiah
Laoviah
Hahahiah
Yesalel
Mebahel
Hariel
Hekamiah

O Príncipe Raziel é o anjo dos mistérios. Reside em Chochmak, o império das


idéias puras. É o príncipe do conhecimento e guardião da originalidade.

Invocação ao Príncipe Raziel:

Eu vos saúdo, Príncipe Raziel,


Guardião da criatividade e das idéias puras,
Príncipe dos Querubins,
Dai-me a força para trabalhar,
Revelar a verdade e encorajar a todos,
Com meus sentimentos mais exaltados de bondade.

Fazei-me um vínculo para as experiências angelicais!


Quero viver com muito amor, coragem e sabedoria.
Que isto seja uma constante, na Grande Ordem Celeste!
Iluminai-me para continuar digno e forte, para prestar vossos serviços de
pureza.
Dai-me sua proteção.
Viva sua Luz!
Amém.

Poderes: desconhecidos
Passado: desconhecido
Idade: desconhecida
Poderes: desconhecidos
Raça: Anjo( Malakim)
Notas:

Raziel é um anjo. Mas não um tipo de anjo ou demônio conhecido. Ele diz que
sua "raça" não é conhecida, pois assim eles querem. Eles estão em todo o
lugar, talvez você até conheça um ou dois, mas não saiba o que eles realmente
são. Raziel pertence (ou pelo menos pertencia) ao Coro de nome Malakim. Os
Malakins são os mais temidos de todos os anjos, principalmente por demônios,
pois eles dedicam sua existência na preservação da honra, e punição da
desonra e de tudo o que é maligno. Mas entre todos os anjos, os Malakins são
os mais sombrios, violentos, frios e cruéis de todos, mas também são os
portadores da luz divina, pois são os únicos anjos que não pode se juntar ao
lado negro, não podem Cair.

Ninguém conhece o passado de Raziel. Parece que até pouco tempo atrás ele
não existia, apareceu de um dia para o outro. No começo Raziel dizia ser o
Arcanjo da Caça, pois era o maior caçador de demônios de toda a sua raça.
Era, porque Raziel viu que não poderia vencer a Guerra apenas caçando
demônios. Então ele deixou todas as lutas de lado e foi em busca do
conhecimento, da Verdade. Então ele entrou para os Soultakers, para tentar
achar alguma coisa que o ajudasse na Guerra, e para que pudesse ajudar
quando fosse preciso.

A raça de Raziel não possui o livre-arbítrio, e o amor é um sentimento proibido,


principalmente para os Malakim. Proibido, mas não impossível. Então o Destino
pregou uma peça em Raziel. Ele se apaixonou por tudo o que mais odiava.
Raziel se apaixonou por Emanuelle, uma Succubus( energia negativa). Era um
amor proibido, Raziel foi expulso de seu lar, e se não tivesse tomado "medidas
drásticas", talvez não existisse mais.

Após isto Raziel "caiu fora" da Guerra. Quer apenas viver tranquilamente com
sua amada, sem mais nada que o incomode. Por enquanto, Raziel parou com
sua busca pelo conhecimento. Ele sabe que há pouco tempo, a Guerra já está
em sua fase final, e caso essa guerra seja perdida, tudo estará acabado. Mas
por enquanto Raziel não quer pensar nisso, nem no que perdeu. Apenas quer
ter um pouco de paz em sua "vida". Se bem que o Céu e Inferno ainda o
observam...

"Tenho todo o tempo do mundo...


pena que o mundo não tenha mais tempo

RAZIEL